Palácio de Sandomil

Foi adjudicada à VESAM a execução do reforço estrutural da obra de reabilitação do edifício Palácio de Sandomil.
Este é um edifício setentista construído no 2º quartel do séc. XVIII, que à data do grande terramoto de Lisboa de 1755 era propriedade do Conde de Sandomil, não tendo sofrido danos maiores com o cataclismo. O interesse deste palácio, classificado como Imóvel de Interesse Público, reside em dois compartimentos do piso nobre: um salão de planta rectangular, localizado na esquina NE do edifício e uma sala contígua de planta quadrangular, dos quais se destacam, em termos artísticos, o tecto apainelado do salão e a abóbada abatida da sala, ambos estucados e exibindo pinturas decorativas da autoria de Pedro Alexandrino.
Toda a intervenção e estrutura idealizada tem como uma das preocupações a conservação do património histórico, bem como o novo programa de arquitetura. A intervenção da VESAM neste projeto passa pela reformulação de ligações, fabrico e montagem de toda a estrutura metálica.

voltar